Lendas Virtuais – A ex-paquita que morreu de AIDS

Uma suposta ex-paquita chamada Patrícia
São muitas as Lendas Virtuais que circulam por aí. Assim como as Lendas Urbanas ninguém sabe dizer quem começou nem quando, onde ou como elas começam a circular  No início, elas reproduziam quase exclusivamente através do clássico pedido “repasse essa mensagem a sua lista de amigos e estará ajudando”. A histórias sempre comoventes levam muitas pessoas de boa-fé a compartilhar o conteúdo na ânsia de colaborar com o personagem ou com a sociedade.
Alguns blogs também colaboraram com a disseminação dessas lendas, publicando na íntegra o que recebiam por mail. Hoje mesmo recebi,  através de um Fórum de discussão totalmente sério e idôneo, um mail que contava o drama de uma suposta  ex-Paquita do programa da Xuxa que teria se envolvido com álcool e drogas, e acabou falecendo com AIDS depois de deixar um aviso aos jovens. A mensagem dramática seria o conteúdo de uma carta que Patrícia, a ex-Paquita,  teria ditado para contar o que passou e  ajudar a conscientizar os jovens.
Essa Lenda Virtual não é nova, começou a circular em 2003. Esse ano parece ter voltado à ativa. E agora materializada nessa bela foto acima. Se a pessoa ler a tal carta com atenção e razão (guardar a emoção numa caixinha) vai perceber muitas incoerências, especialmente na cronologia de vida que ela relata. Nem vou me dar ao trabalho de reproduzir a carta aqui, porque cedo ou tarde vocês vão receber.
Mas deixo avisados: o mail é falso, não houve paquita chamada Patrícia, as datas não batem e essa foto aparece em vários sites na internet com nomes diferentes. Pode deixar sua lista de mails descansar… Algumas dicas para identificar (ou pelo menos suspeitar) quando esbarrar com uma Lenda Virtual:
  • Os nomes das pessoas nunca estão completos, ou não existem
  • Tenta fazer parecer que se trata de acontecimentos recentes
  • Pede que repasse para outras pessoas
  • Geralmente o assunto é capaz de despertar o interesse de muitos
  • Apela para o lado emocional do leitor
  • É meio confuso e contraditório

Comments are closed.